Teoria das finanças públicas no contexto do capitalismo. Uma Discussão com os Filósofos Economistas: de Smith a Keynes | Reginaldo Souza Santos

R$45,00

Utilidade inegável a deste trabalho na medida em que nos ajuda a refletir a fundo sobre as questões complexas da função pública, num momento em que o senso comum e a simplificação indevida têm divulgado vulgaridades como a de que a economia do setor público é que nem a economia doméstica (das famílias) em que não se pode gastar mais do que se ganha, para não incorrer em déficit. — do Prefácio, de José Carlos de Souza Braga.

 

SOBRE O AUTOR

Reginaldo Souza Santos

Dados pessoais: Bacharelado em Administração Pública, pela Universidade Federal da Bahia (1977); mestrado em Administração Pública, pela Escola Brasileira de Administração Pública e Empresarial (EBAPE) da Fundação Getúlio Vargas (1982); doutorado em Economia, pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP (1991); e pós-doutorado, pelo Instituto Superior de Economia e Gestão – ISEG da Universidade Técnica de Lisboa – UTL (1997/1998). Foi professor Titular do Departamento de Finanças e Políticas Públicas da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia e diretor, (dez./2004 a dez./2008), sendo reeleito para o período 2009/2013. Atuou na graduação, mestrado e doutorado; coordenou estudos em Administração Política, Políticas Públicas, Política Econômica e Finanças Públicas, assim como em projetos técnicos. Autor de livros, capítulos de livros, artigos em periódicos, jornais e anais de congressos. Orientador de teses, dissertações e monografias acadêmicas. Diretor Responsável pela Revista Brasileira de Administração Política (REBAP). Ministrou disciplinas, seminários e palestras em diversas IES no Brasil e no exterior. Dentre as atividades pregressas destacam-se: em 1979, vínculo ao Centro de Planejamento do Estado da Bahia ? CEPLAB, integrando o grupo de estudos que analisou a importância do setor produtivo estatal baiano no processo de desenvolvimento administrativo, institucional, econômico, social e cultural da Bahia. Em julho de 1980, integrou o corpo técnico da recém  criada Assessoria Econômica da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, onde permaneceu até junho de 1983, quando se transferiu para a Secretaria de Educação e Cultura; no mesmo ano, ingressou como professor na Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia. Logo depois (1992/1996), assumiu, pela primeira vez, o cargo de diretor da Escola de Administração da UFBA. Principais publicações Administração Política Como Campo do Conhecimento e Teoria das Finanças Públicas no Contexto do Capitalismo, além do trabalho inédito Keynes e a Administração Política do Capitalismo.

Em stock

REF: 9788564806528 Categoria:

Descrição

Teoria das finanças públicas no contexto do capitalismo
Uma Discussão com os Filósofos Economistas: de Smith a Keynes
Santos, Reginaldo Souza
9788564806528
Hucitec
2. Edição
2013
162

Informação adicional

Peso 0.320 kg
Dimensões (C x L x A) 14 × 21 × 2 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.



Lançamentos

2020 e 2021