Paulo Emílio Matos Martins | A reinvenção do sertão: Organização social e governança do Bello Monte (1893-1897)

R$68,00

Produto de uma extensa investigação bibliográfica, documental e de campo, este trabalho busca revelar as prováveis formas de organização social, poder e processo decisório do projeto conselheirista de reinvenção do Sertão (Bello Monte, 1893-97) – a Canudos literária – a partir da proposição de um modelo semiológico de análise (tetraedro semiológico das organizações) e da consequente interpretação da autoridade de Antônio Conselheiro como um “coronel com o sinal contrário” ou, parodiando a figura euclidiana do sertanejo, “um coronel pelo avesso”. A pesquisa analisa depoimentos de descendentes dos sobreviventes do conflito, de cronistas testemunhas do episódio e de estudiosos do tema e revela documentos inéditos desse fenômeno de governança que teria dirigido uma organização com impressionantes crescimento demográfico (10 435% em quatro anos) e sistema logístico de abastecimento (na mais árida região da caatinga), além de um surpreendente esforço de resistência militar às forças republicanas, formadas pela metade do efetivo do Exército nacional de então e destacamentos policiais de seis unidades da Federação.

Em estoque

Simulação de frete


SKU: 9788584041329 Categoria:

Descrição

Título: A reinvenção do sertão: Organização social e governança do Bello Monte (1893-1897)

Autor: Paulo Emílio Matos Martins

ISBN: 9788584041329

Editora: Hucitec

Data de publicação: 2018

Edição 2

Número de páginas: 358

Informação adicional

Peso 0.530 kg
Dimensões 15 × 22 × 5 cm